Um pedacinho da Via Láctea em Putinga

///Um pedacinho da Via Láctea em Putinga

Um pedacinho da Via Láctea em Putinga



Por Vinícius Flôres

Antes mesmo de Putinga se tornar definitivamente um município, em 1937, um caso já marcava a vida das pessoas daquela localidade pra ser hoje a marca com que é conhecida no Brasil inteiro e até, quem sabe, no exterior.

Era uma linda tarde de uma segunda-feira no então distrito de Putinga, cidade de Encantado. Estava sendo realizada a Festa em honra ao Padroeiro São Roque. Até aí tudo ocorria bem, como na maioria das festas de interior, quando às 16h30min aquela comunidade presenciou um dos fatos mais inusitados dentro da história da humanidade. Um meteorito caía a aproximadamente 150km de distância da superfície terrestre, riscando o céu putinguense.

Atualmente, Putinga é conhecida no mundo científico que se dedica aos estudos dos cosmos e, por este motivo, a cidade é denominada como a “Cidade do Meteorito”.

Origem do nome

Com cerca de 4.500 habitantes e a 435 metros acima do nível do mar, o nome da cidade tem duas origens oficiais. Uma vem de indígenas que habitavam a região e significa “homem branco”. A outra é devido a grande quantidade de taquara Putingal que havia pelas redondezas e que servia de alimento para o gado.

O adeus à Encantado

O dia 8 de fevereiro é um dia especial para os moradores de Putinga. Através de uma decisão democrática, em 1963 foi efetuado um plebiscito do qual resultou a emancipação do distrito, desmembrando-se de Encantado e se tornando oficialmente um município. A instalação oficial aconteceu um ano depois, no dia 8 de abril de 1964, com direito a comemorações na cidade.

By |2008-10-02T00:00:00-03:00outubro 2nd, 2008|Sem categoria|Comentários desativados em Um pedacinho da Via Láctea em Putinga

About the Author: