Após restauração do Moinho Colognese, Ilópolis promove a 1ª Festa do Pão

///Após restauração do Moinho Colognese, Ilópolis promove a 1ª Festa do Pão

Após restauração do Moinho Colognese, Ilópolis promove a 1ª Festa do Pão



O município de Ilópolis, localizado na Vale do Taquari, passou a ostentar o título de única cidade brasileira a celebrar a Festa do Pão. A primeira edição do evento ocorre na cidade, de pouco mais de cinco mil habitantes, em função do Dia Mundial do Pão, comemorado no sábado, dia 16, numa cerimônia instituída no ano de 2000, em Nova Iorque, pela International Union of Bakers and Bakers-Confectioners (UIB).

Ainda em 2008, a governadora Yeda Crusius inaugurou no município, o Museu do Pão, integrando um projeto de restauração do antigo Moinho Colognese, que retomou sua produção de farinha, contando também com a parceria da Associação Brasileira da Indústria de Panificação e Confeitaria (ABIP), Prefeitura e Câmara de Vereadores da cidade.

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Cultura, destinou, à época, mais de R$ 600 mil à obra. Os recursos foram captados pela Associação dos Amigos dos Moinhos do Vale do Taquari, via Lei de Incentivo à Cultura (LIC). Junto à Nestlé, a Associação obteve cerca de R$ 1 milhão. Houve apoio, também, de órgãos públicos e de entidades privadas.

No sábado, dia 16, o prefeito Osmar Baldissarelli agradeceu ao Governo do Estado pela preocupação em restaurar um dos símbolos do município que é o Moinho Colognese. “A cidade de Ilópolis faz parte hoje de um projeto chamado “Caminho dos Moinhos, juntamente com Anta Gorda, Arvorezinha e Putinga. Restaurado no governo Yeda, o Colognese voltou a funcionar podendo receber vistas guiadas, constituindo um novo ponto, lazer e convência para moradores e visitantes”, afirmou.

O evento no Museu do Pão iniciou sexta-feira,dia 15, vai até o dia 24 de outubro. A promoção é da Associação dos Amigos dos Moinhos do Vale do Taquari (AAMoinhos) e do Santuário São Paulo. Atualmente, o Museu soma-se a outros seis do gênero existentes no mundo, e é o único das Américas do Sul, Central e Norte. No local existe uma pequena coleção de objetos utilizados pelos imigrantes italianos do Vale do Taquari, refazendo a trajetória da produção do alimento. Um painel que resume uma linha do tempo de 6 mil anos da presença do pão na história da humanidade.

Fonte: Governo do RS

Foto: Divulgação

By |2010-10-17T01:00:00-02:00outubro 17th, 2010|Sem categoria|Comentários desativados em Após restauração do Moinho Colognese, Ilópolis promove a 1ª Festa do Pão

About the Author: