Abertos ao público, passeios de trem voltam em agosto

///Abertos ao público, passeios de trem voltam em agosto

Abertos ao público, passeios de trem voltam em agosto

Amturvales e municípios lindeiros à ferrovia querem implantar roteiros permanentes a partir de 2020.

 

O Vale terá pelo menos oito viagens de trem abertas ao público, nos meses de agosto e setembro. A confirmação ocorreu nessa terça-feira, 7, em Colinas, em reunião entre prefeitos e secretários de sete cidades da região, representantes da Associação dos Municípios de Turismo da Região dos Vales (Amturvales) e da empresa Rumo Logística.

Ainda sem datas e preços definidos, os passeios – em formato comemorativo – terão capacidade de transportar de 300 a 400 pessoas cada. O trajeto será feito entre Muçum e Guaporé, sobre a Ferrovia do Trigo. A compra das passagens deverá ser feita pela internet.

Mais detalhes sobre os novos passeios na locomotiva Maria Fumaça Mallet serão acertados no dia 24, quando o mesmo grupo se reunirá com membros da Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF), responsável pelos veículos. Após esse encontro, as datas e valores deverão ser anunciados.

De acordo com o presidente da Amturvales, Leandro Arenhart, diferente dos passeios experimentais promovidos de forma restrita para convidados em novembro e dezembro de 2018, as atividades previstas para a metade deste ano visam a mensurar o interesse da comunidade regional. Segundo ele, investir no projeto turístico ferroviário é uma das prioridades da associação.

“Será um divisor de águas para o turismo da região. Os prefeitos e a Amturvales estão mobilizados porque sabem do potencial desse projeto para todo o Vale do Taquari”, destaca.

Projeto perene

A entidade e as sete cidades lindeiras à estrutura ferroviária tentam a realização permanente de passeios de trem, com periodicidade semanal ou mensal, em projeto previsto para 2020. Os municípios envolvidos nas tratativas são Estrela, Colinas, Rocas Sales, Muçum, Vespasiano Corrêa, Dois Lajeados e Guaporé.

Conforme Arenhart, na reunião desta semana, a empresa Rumo demonstrou disposição em cooperar no projeto. Contudo, serão necessárias adequações nos trilhos e estruturas ao longo do trajeto, como túneis e viadutos, para o transporte de passageiros, visto que foram criados originalmente apenas para o transporte de cargas. Para tanto, o grupo busca apoio de investidores.

Estão previsto para os próximos meses os estudos de viabilidade técnica e econômica, bem como a elaboração dos Planos de Prevenção e Combate a Incêndios (PPCI) das estruturas.

O prefeito de Colinas, Sandro Hermann, afirma que os municípios próximos à ferrovia se preparam na montagem de roteiros turísticos relacionados às viagens de Maria Fumaça. Segundo ele, há “grande possibilidade” de implantação de um passeio fixo, entre Estrela e Colinas, sobre a linha férrea que atualmente está fora de uso.

Fonte: Jornal A Hora

By |2019-05-09T09:09:02-03:00Maio 9th, 2019|Sem categoria|Comentários desativados em Abertos ao público, passeios de trem voltam em agosto

About the Author: