FIQUE INFORMADO

Amturvales faz prestação de contas e apresenta ações para 2022 em assembleia

Assembleia Geral Ordinária ocorreu nesta quinta-feira à tarde, em Encantado

A Associação dos Municípios de Turismo da Região dos Vales (Amturvales) promoveu, nesta quinta-feira (24.03) à tarde, a sua Assembleia Geral Ordinária. O encontro reuniu associados da entidade na prefeitura de Encantado. O presidente da Amturvales, Leandro Arenhart, conduziu os trabalhos. A assembleia começou com a prestação de contas financeiras referentes ao ano de 2021. Foram apresentados os valores recebidos no período e os valores gastos com as mais diversas frentes de atuação da entidade. Também foi informado o valor que a entidade tem em caixa, mas com destino definido, como é o caso do recurso de R$ 157 mil, oriundo do governo do Estado, para aplicação em projetos aprovados na Consulta Popular de 2020. O vice-presidente da Amturvales, Charles Rossner, apresentou as ações desenvolvidas pela Amturvales em 2021 e o Planejamento Estratégico da associação. “Olhar para o que fizemos é importante para saber o que está acontecendo na região”, afirmou Rossner, reforçando o compromisso da entidade. “Nosso propósito é Unir para Crescer. A única forma de vender o Vale do Taquari como destino turístico é com união”. Rossner também destacou o novo portal que está sendo desenvolvido pela entidade e que deve ser destaque para todo o Rio Grande do Sul. O presidente da Amturvales também salientou a importância do desenvolvimento do novo portal e antecipou as principais ações previstas para 2022. Entre elas, a participação do Vale na Ugart, nesta sexta-feira e sábado (25 e 26.03) e o Seminário Regional de Turismo Rural, que será realizado em parceria com a Emater, no dia 27 de abril, em Imigrante. Conforme Arenhart, a entidade deve se engajar ainda em promover um curso de guia de Turismo e também em formatar um plano de benefícios para os associados. Além disso, o presidente informou que a quarta edição do projeto Trem dos Vales deve ter passeios nos meses de julho, agosto, setembro e outubro. “O nosso pedido é para que os passeios ocorram por quatro meses. Junto a isso, no fim do ano, deveremos ter a conclusão do Cristo Protetor, que já mudou e mudará o turismo no Vale”. Na pauta da reunião também esteve a sugestão de uma alteração estatutária. Os dirigentes da entidade sugeriram criar o Conselho de Ex-Presidentes, solicitação que foi aprovada por unanimidade. 

Embora não utilizemos cookies próprios, nosso site integra funcionalidades de terceiros que acabarão enviando cookies para seu dispositivo. Ao prosseguir navegando no site, estes cookies coletarão dados pessoais indiretos. Recomendamos que se informe sobre os cookies de terceiros.

Leia nossa política de privacidade.