Viaduto 13 estimula a prática do rapel

///Viaduto 13 estimula a prática do rapel

Viaduto 13 estimula a prática do rapel

foto

Quem gosta do turismo de aventura e de admirar belas paisagens, precisa conhecer o Viaduto 13, no município de Vespasiano Corrêa. Esta estrutura gigantesca marca o encontro do Vale do Taquari com a Serra Gaúcha e desperta nas pessoas mais aventureiras o desejo de superar limites e praticar rapel, algo que já se tornou comum na região.

O Viaduto 13 proporciona uma descida de 143 metros. Um dos grupos adeptos deste esporte radical é o “V13 Adventure Turismo de Aventura” de Dois Lajeados. O grupo é composto por Diego Bagnara, Enivelto Maia, Joener Pellin e Mairi Bagnara. “O rapel no Viaduto 13 já vinha sendo feito por pessoas de todos os lugares, inclusive de fora do Brasil. Nosso grupo, que já tinha experiência no esporte, resolveu explorá-lo como atrativo turístico, levando assim, a prática a pessoas que antes não tinham acesso. O Viaduto 13 é o segundo viaduto mais alto do mundo, sendo o primeiro das Américas, isso chama a atenção e aumenta a adrenalina na hora da descida. Esse é o grande diferencial do local”, explicam os integrantes do grupo.

Qualquer pessoa, com exceção de gestantes, idosos, cardíacos ou obesos, mesmo sem experiência, pode fazer rapel. Mas para isso é necessário o acompanhamento de instrutores treinados e de equipamentos aprovados. Além disso, no momento da prática é indispensável prestar atenção em tudo que é recomendado pelos profissionais.

“Tem muita procura pelo esporte e essa procura aumenta a cada final de semana. Temos todos os equipamentos necessários e eles são licenciados e revisados, mas, além disso, é necessário usar calça comprida e calçado fechado. O rapel é um dos melhores esportes de aventura. A prática dele nos traz muitas alegrias, novas amizades e adrenalina, e é isso que nós queremos passar para todos os turistas que decidem praticar”, explica o entusiasmado grupo.

Mas quem não quer se aventurar no rapel, pode desfrutar de outras atrações. Próximo do Viaduto está localizada a Cascata V13, a Pedra da Tartaruga, a  Cascata “Garganta do Diabo” e o Viaduto 11 (viaduto vazado). Além disso, podem ser praticados outros esportes como: trekking, canyoning e boia cross. No local também tem um quiosque com venda de lanches, bebidas e banheiro.

Atendimento ao turista
“Com o apoio da Amturvales e a parceria dos municípios nós estamos fazendo alguns cursos de capacitação profissional de turismo, que envolvem os serviços de alimentação e hospedagem, atendimento, comunicação, comercialização, cultura local e os atrativos que a região oferece. Os cursos são ótimos e necessários, pois muitos que residem em área propícia ao turismo não têm o conhecimento de como investir ou como fazer. Isto é uma grande oportunidade de aprendizado gratuito. Além disso, a Prefeitura de Vespasiano Corrêa está ajudando as pessoas que têm propriedades localizadas em área de turismo, principalmente no Viaduto 13, com projetos e verbas para construção de locais que serão utilizados para a alimentação dos turistas, com infraestrutura adequada”, explica Mairi Bagnara.

Outro destaque está na preocupação do grupo com a limpeza do local. “Nosso grupo está acompanhando o aumento de turistas e a grande circulação de pessoas e por isso está realizando o trabalho de recolhimento do lixo, mas para isso precisamos da ajuda de todos, para que tudo permaneça limpo. Nós já conseguimos toneis e placas através de doações e parcerias”.

Conheça a Ferrovia do Trigo
A Ferrovia do Trigo é uma das mais belas Ferrovias do Brasil. Ela inicia em Roca Sales e vai até Casca, com 32 túneis e 23 viadutos. Este conjunto de túneis contribui para a beleza e para a história da região. Os trilhos foram construídos pelo 1º Batalhão Ferroviário do Exército Brasileiro, durante a década de 1970, tendo sido projetado desde o final da Segunda Guerra Mundial, pela empresa Serviços de Engenharia Emílio Baumgart (SEEBLA).

O Viaduto 13, em especial, tem 143 metros de altura e 509 metros de extensão. Ele  foi inaugurado pelo presidente Ernesto Geisel em 19 de agosto de 1978 e é tido como o maior viaduto ferroviário da América Latina e o segundo mais alto do mundo. Suas fundações são do tipo sapata corrida e estão enterradas a 21 metros abaixo do nível do solo. Cada pilar é formado por quatro paredes de 80 centímetros de espessura média.

Por isso conheça a história da região e a beleza dos recursos naturais. Os interessados em praticar rapel, podem conferir fotos e informações com o grupo “V13 Adventure Turismo de Aventura” no Facebook.

Texto: Elisangela Favaretto
Foto: V13 Adventure Turismo de Aventura

By |2015-02-05T10:46:51-02:00fevereiro 5th, 2015|Sem categoria|Comentários desativados em Viaduto 13 estimula a prática do rapel

About the Author: