Taquari Açoriana:Uma viagem pela história, cultura e a religiosidade de um povo

///Taquari Açoriana:Uma viagem pela história, cultura e a religiosidade de um povo

Taquari Açoriana:Uma viagem pela história, cultura e a religiosidade de um povo



O roteiro turístico Taquari Açoriana leva os visitantes ao passado cheio de histórias, cultura e intenso sentimento religioso. O passeio leva o turista literalmente a uma viagem encantadora aos tempos primórdios do Rio Grande do Sul. O fascinante roteiro remonta o ano de 1760 com a chegada dos primeiros casais portugueses que vieram da Ilha de Açores a Taquari. Eles eram dedicadosagricultores, com um forte espírito de hospitalidade e eram fervorosos na espiritualidade. É nestes traços marcantes que começa a incursão turística.

O primeiro local visitado é o Santuário Assunção, no Bairro Rincão São José, local em que aconteceram as aparições de Nossa Senhora de Assunção. Na primeira vez em 24 de março de 1988 a santa se manifestou a uma criança e depois em sucessivas manifestações em diferentes formas. O santuário atrai milhares de peregrinos por ano. A maior manifestação acontece sempre no terceiro domingo de agosto. Nilda Granja Pereira, trabalha como voluntária na manutenção do santuário. Ela afirma que o local é sagrado. “Isto aqui é obra do milagre. Mantemos tudo com doações e trabalho voluntário”, afirma ela.

A visita segue ao centro da cidade, para a igreja matriz São José, construída em 1768 e mantida com os traços originais e suas paredes com 1,6 metros de espessura. Em seu interior, na sacristia, está guarda, sob sete chaves, a imagem de São José, esculpido em madeira, trazida de Portugal em 1765. Ela é considerada uma relíquia, que só sai do esconderijo uma vez por ano. No dia 19 de março, nos festejos do padroeiro da cidade, o São José. “Para os taquarienses ele é o santo protetor”, afirma o guia de turismo Oladio Pereira, diretor da agência de viagens Tktur. Ele sabe a história da igreja e conhece cada uma das dezenas de estátuas que se acotuvelam no interior do templo, que é um dos mais antigos Estado.

Na praça da matriz estão os bustos de dois dos muitos personagens importantes do município, David Canabarro o herói Farroupilha e Albertino Saraiva, fundador do jornal O Taquaryense. A cidade está povoada de bustos e monumentos para homenagear os filhos ilustres. De lá os turistas passam por um momento de leitura do jornal O Taquaryense, fundado em 1887 e mantido até hoje a sua forma original de composição e impressão em tipografi. Considerado o segundo jornal mais antigo do Estado é um museu vivo da comunicação.

O passeio segue para a Lagoa Armênia, situado a uma quadra da praça da matriz e emoldurada por um cinturão verde, o local é acolhedor e ponto de encontro da gente da cidade. Na Casa Costa e Silva, onde cresceu e viveu o ex-presidente Artur da Costa e Silva, é a Casa de Cultura da Cidade e abriga o museu, a biblioteca pública e o Espaço Açoriano. Uma casa tipicamente portuguesa, com os móveis e utensílios da época.

Outra parada obrigatória é a Casa do Artesão, situada no centro da cidade no prédio que serviu de Intendência Municipal. Nele a Associação de Artesão comercializa peças em madeira, tecido e palha para os turistas levarem de recordação.

O roteiro também inclui um almoço ao estilo gaúcho ou a opção do café colonial no restaurante Recanto Gaúcho, que serve apenas grupos com reserva.

Para saber

O roteiro inclui guia local, ingressos aos atrativos, refeição e transporte.O valor do passeio varia de acordo com a duração, o número de integrantes e o tipo de refeição. Informações (51) 3653 7176 ou 8401 3288 com Oladio. A agência Tktur faz o receptivo e tem outras opções de atrativos para conhecer. Informações www.tktur.com.br

Deolí Gräff ? deoli@informativo.com.br

Legenda

Igreja matriz São José foi construída em 1768 e tem parede com 1,60 metro de espessura

Fotos Deolí Gräff

By |2011-05-31T00:00:00-03:00Maio 31st, 2011|Sem categoria|Comentários desativados em Taquari Açoriana:Uma viagem pela história, cultura e a religiosidade de um povo

About the Author: