Paverama: Nome indígena, sangue europeu

///Paverama: Nome indígena, sangue europeu

Paverama: Nome indígena, sangue europeu



Por Vinícius Flôres

O que poucos sabem (até ler esse artigo) é que, muito antes da colonização açoriana ter chegado a Paverama, e logo depois os alemães no final do século XVIII, essa terra era habitada pelos índios Patos, os quais deram origem ao nome do município.

A nominação da cidade provém dos vocábulos indígenas, onde “Pave” significa “de todos” e “Retame”, terra. Paverama, “A Terra de Todos”.

Com sua economia focada fortemente na produção de acácia negra para lenha e tanino, além do setor calçadista, dentro do turismo Paverama conta com o Parque Multiesportivo, situado numa área de 100 hectares, considerado um dos principais atrativos turísticos do Estado em termos de velocidade.

A obra possui pistas para a realização de provas de Motocross, Bicicross, Autocross, Racercross, Fórmula Ford, Km de Arrancada, Kart, entre outras.

Confira a seguir algumas fotos de Paverama tiradas pelas lentes de Marco Lang e Gustavo Dienstmann.

By |2008-10-14T00:00:00-03:00outubro 14th, 2008|Sem categoria|Comentários desativados em Paverama: Nome indígena, sangue europeu

About the Author: