MTur garante recursos para iniciar obras da Rota Turística “Pelos Caminhos do Pão e do Vinho”

///MTur garante recursos para iniciar obras da Rota Turística “Pelos Caminhos do Pão e do Vinho”

MTur garante recursos para iniciar obras da Rota Turística “Pelos Caminhos do Pão e do Vinho”

Comitiva do Vale de Taquari volta a se reunir nos próximos dias com os deputados, MTur e Ministério do Planejamento

Comitiva do Vale de Taquari volta a se reunir nos próximos dias com os deputados, MTur e Ministério do Planejamento

Na tarde desta quarta-feira (21), lideranças do Vale do Taquari e Serra Gaúcha estiveram reunidas em audiência pública com o ministro do Turismo, Marx Beltrão, no Ministério do Turismo, em Brasília, acompanhados dos deputados Alceu Moreira e Edson Brum. Em pauta, a pavimentação da Rota Turística “Pelos Caminhos do Pão e do Vinho”.

Na ocasião, houve a entrega da documentação inscrita no SICONV, do Governo Federal, para o Ministério do Turismo sob o nº 012 862/18, através do CONSISA Vale do Taquari. O pedido foi reforçado para que a proposta seja empenhada ainda neste ano, visto que é muito importante para a Região.

Beltrão garantiu que parte dos recursos solicitados, no valor de R$ 80 milhões, estão no orçamento de 2018, porém falta definir o valor que será empenhado para esse ano. O MTur, no ano passado, já havia se comprometido em incluir a pavimentação nos projetos da pasta.

Nos próximos dias o ministro do Turismo irá agendar reunião com o Ministério do Planejamento para tentar incluir o projeto no PAC do Governo Federal, no orçamento geral da União. Juntamente com os deputados presentes, buscará formas de garantir o valor para iniciar uma parte do trecho ainda esse ano. O trabalho é contínuo, etapa por etapa, pois as demandas no MTur são maiores do que os recursos disponíveis.

Conforme o presidente da Associação dos Municípios de Turismo da Região dos Vales (AMTURVALES), Rafael Fontana, ”esse é mais um dos projetos importantes do Vale do Taquari, mas não é o único. Estamos dando sequência para que se consiga dotar de infraestrutura e fortalecer o turismo da Região”, destaca.

Ainda, segundo Fontana, há outros pleitos individuais para cada município sendo viabilizados junto ao ministério. “É importante que o MTur invista no Vale do Taquari, porque estamos entre os principais destinos turísticos do Rio Grande do Sul. Além de fazer nossa parte, temos empreendedores e poder público municipal investindo no turismo regional, sendo assim, precisamos também do apoio do Ministério para os projetos de custo maior”, relata.

Para o prefeito de Muçum, Lourival Seixas, que juntamente com os demais prefeitos faz a articulação politica para viabilizar os recursos, “este pleito é uma demanda antiga das duas regiões e precisamos ser insistentes para que aconteça a participação financeira no Ministério do Turismo, e para isso temos todo o empenho dos nossos líderes políticos que representam a região”, ressaltou.

Participaram da audiência, além do presidente da AMTURVALES, o prefeito de Encantado e presidente do CONSISA, Adroaldo Conzatti, prefeito de Roca Sales, Amilton Fontana, secretário executivo do CONSISA, Nilton Rolante, prefeito de Ilópolis, Edmar Rovaschi, prefeito de Anta Gorda, Celso Casagrande, prefeita de Doutor Ricardo, Catea Rolante, prefeito de Santa Tereza, Gilnei Fior, prefeito de Relvado, Odi Lorenzini e o prefeito de Arroio do Meio, Klaus Schnack.

 

Saiba mais:

Além de integrar o Caminho dos Moinhos e o Vale dos Vinhedos, a Rota Turística “Pelos Caminhos do Pão e do Vinho” envolve diretamente os municípios de Bento Gonçalves, Monte Belo do Sul, Santa Tereza, Roca Sales, Muçum, Encantado, Doutor Ricardo, Anta Gorda, Ilópolis e Vespasiano Corrêa.

Juntos, os dez municípios que compõe a Rota Turística, têm mais 166 mil habitantes e um PIB superior a 6 bilhões de reais. Do município de Santa Tereza até Anta Gorda, o trecho que deverá ser asfaltado tem 61 km de extensão. Nele circulam cerca de 800 veículos por dia. A obra facilitará o escoamento da produção nos mais diversos setores econômicos, como aves, suínos, móveis, leite, ração, cereais, grãos, frutas, legumes, bebidas e alimentos e gerará incremento de impostos.

Por ano circulam cerca de um milhão e quatrocentos mil turistas que visitam ou desfrutam de 418 empreendimentos turísticos, sejam eles meios de hospedagem, serviços de alimentação, e demais atrativos turísticos; o gasto médio atual dos turistas é de 875 reais em Bento Gonçalves e 154 reais nos demais municípios. Nas duas regiões são gerados atualmente 2013 empregos nestes empreendimentos do Turismo. Com a viabilidade da ligação asfáltica existe uma expectativa de novos negócios e a geração de mais 2000 novos empregos.

Com a conclusão da estrada que une o Vale do Taquari a Serra Gaúcha, o visitante poderá encontrar múltiplas atrações e desfrutar de uma grande riqueza cultural e histórica, que se conjuga com os costumes dos habitantes e da exuberante natureza.

Texto: Portal Região dos Vales

Foto: Cris Costa / Divulgação

 

By |2018-02-22T11:38:05-03:00fevereiro 22nd, 2018|Sem categoria|Comentários desativados em MTur garante recursos para iniciar obras da Rota Turística “Pelos Caminhos do Pão e do Vinho”

About the Author: