Intercambista da Itália e estudantes do curso de Guia de Turismo do Senac conhecem a Rota da Erva-Mate

///Intercambista da Itália e estudantes do curso de Guia de Turismo do Senac conhecem a Rota da Erva-Mate

Intercambista da Itália e estudantes do curso de Guia de Turismo do Senac conhecem a Rota da Erva-Mate

O passeio, que foi realizado pelas alunas Gisele Rabaioli Bundrich, Vera Lucia Fabrim e Janice Gabriela Bochi e a italiana Gabriella Caldarola, teve o acompanhamento da turismóloga da Associação dos Municípios de Turismo da Região dos Vales (Amturvales), Lizeli Bergamaschi. O objetivo das estudantes do Senac foi aprofundar os conhecimentos sobre a região para que, após a conclusão do curso, elas acompanhem os turistas que virão para o Vale.

Nos dois dias de visitas foram feitos passeios pela Gruta Nossa Senhora de Lourdes, em Doutor Ricardo, e pelo Monumento da Anta na Praça Dr. Borges de Medeiros, pela Agroindústria Pitol, pela Gruta de Nossa Senhora de Lourdes e pelo Moinho Vicenzi, em Anta Gorda.

O primeiro dia encerrou com a visita ao Parque das Araucárias, à Igreja Matriz São João Batista, à fábrica de ladrilhos Santo Antônio, aos Doces Caseiros da Carmen e ao Museu da Cerâmica Fachinetto, em Arvorezinha. O pernoite ocorreu no Hotel Mussio Roman.

Na quinta-feira, o grupo de turistas esteve em Ilópolis e Putinga. Foram visitados o Quiosque da Praça Itália, a Ervateira Ximango, o Museu do Pão e o Moinho Colognese, o Lago Verde, a Igreja Nossa Senhora da Purificação e a Possebon Joias.

O encerramento foi feito com uma visita ao Viaduto do 13, em Vespasiano Corrêa.

Para Gabriella Caldarola, de Ruvo di Puglia, na Itália, que está no país para um intercâmbio cultural, a receptividade dos empreendedores locais chamou atenção. “Impressionou a paixão com que os proprietários nos receberam e falaram sobre seu trabalho, não se mostraram incomodados pela nossa visita, como acontece na Itália, mas, sim estavam orgulhosos daquilo que foram capazes de construir ao longo dos anos”, comenta. “Não esquecerei jamais a paixão com a qual me foi explicada a história sobre a Gruta de Itapuca, em Anta Gorda, e o Museu do Pão. Espero voltar aqui um dia e encontrar muitos turistas como eu, satisfeitos por ter escolhido visitar esta região”.

Assim como a intercambista, a estudante Janice Gabriela Bochi revela que foi surpreendida pela recepção da região. “Não pude deixar de perceber o amor que existe por trás de cada gesto daquelas pessoas que nos receberam. O turista é recebido com amor porque existe amor naquilo que é realizado. Posso dizer com convicção que a acolhida foi a melhor parte do passeio. Obrigada a todos que nos receberam”, agradece Janice.

A turismóloga da AmturvalesLizeli Bergamaschi fala da importância de obter o retorno dos visitantes. “A satisfação dos turistas que passam pela nossa região, especialmente no caso da Rota da Erva-Mate, é resultado de um trabalho que a Amturvales tem feito. Temos realizado qualificação dos empreendedores para bem receber nossos visitantes e isso já está mostrando resultados”, destaca.

Texto: Caroline Rodrigues/ Ass. de Imprensa Amturvales

Fotos: Divulgação

By |2012-07-25T00:00:00-03:00julho 25th, 2012|Sem categoria|Comentários desativados em Intercambista da Itália e estudantes do curso de Guia de Turismo do Senac conhecem a Rota da Erva-Mate

About the Author: