Estudos de Competitividade e Observatório de Turismo são apresentados aos gaúchos pela Setur

///Estudos de Competitividade e Observatório de Turismo são apresentados aos gaúchos pela Setur

Estudos de Competitividade e Observatório de Turismo são apresentados aos gaúchos pela Setur

1939446_784464258248402_470888420_n

A secretaria do Turismo (Setur/RS) apresentou, no final da tarde desta quarta-feira (12), ao trade, autoridades, convidados e imprensa os Estudos de Competitividade de 26 destinos turísticos do Estado e o Observatório de Turismo. Os dois projetos foram realizados em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

De acordo com Airton Nogueira, consultor da FGV, o Observatório de Turismo faz parte da sequência de ações balizadas pelo Plano Diretor do Turismo do Rio Grande do Sul elaborado pela Setur. “O Observatório, junto com o Conselho Estadual do Turismo e o Plano Diretor, é a concretização do sistema de gestão implementado pela secretária Abgail Pereira à frente da secretaria”, disse.

Nogueira se referiu ao observatório como “um instrumento que terá o papel de monitoramento, mas que é mais do que um painel de indicadores. No RS, ele nasce com um conceito avançado em relação aos demais Estados, uma vez que além dos dados haverá, também, a reflexão e análise de todos eles”.

O consultor destacou que o maior objetivo do Observatório é auxiliar na tomada de decisões dos gestores públicos e privados, já que irá monitorar, produzir e utilizar indicadores, trabalhar com parcerias para coleta de dados e informações, estruturar dados coletados em sistemas de informações e realizar análises.

Estudos de competitividade

O evento no Galpão Crioulo do Palácio Piratini também serviu para que a secretaria entregasse a 26 destinos turísticos o Estudo de Competitividade elaborado pela FGV a pedido da Setur. O Rio Grande do Sul é o Estado que mais se utiliza dessa ferramenta, aplicada em 29 municípios (Bagé, Cambará do Sul, Canela, Canoas, Capão da Canoa, Caxias do Sul, Erechim, Frederico Westphalen, Ijuí, Lajeado, Montenegro, Pelotas, Rio Grande, Bento Gonçalves, Gramado, Novo Hamburgo, Passo Fundo, Santa Cruz do Sul, Santa Rosa, Santa Maria, Santana do Livramento, Santo Ângelo, São Miguel das Missões, Taquara,Três Coroas, Torres, Três Coroas, Uruguaiana e Vacaria).

Cristiane Rezende, também da FGV, explicou que os estudos foram realizados tendo como base um levantamento de campo nos destinos elencados pela Setur, de forma a verificar o estágio atual de competitividade por meio de uma análise detalhada dividida em 13 itens. “Depois do trabalho realizado, apresentamos hoje a média geral de todos os municípios percorridos, que é de 56,8 pontos, o que supera os 56,4 estabelecidos como meta no Plano de Desenvolvimento do Turismo do Rio Grande do Sul”, ressaltou.

Objetivos alcançados

Segundo a secretária do Turismo, Abgail Pereira, ter alcançado índices tão positivos nos Estudos de Competitividade é o reflexo do trabalho realizado pela Setur nesta gestão. “Vale lembrarmos que termos promovido as conferências regionais e a estadual, elaborado o Plano de Desenvolvimento e de Marketing do Estado, reativado o Conselho Estadual do Turismo, aprovado a Lei Estadual do Turismo, percorrido as 26 regiões com os RS Mais Turismo, criado a marca do turismo gaúcho e o comitê MICE, assim como apostado na qualificação do nosso receptivo e na realização das Vitrines Gaúchas nos deu condições de superarmos os objetivos que havíamos nos colocado assim que assumimos a pasta. E isso é muito gratificante”, ressaltou.

Abgail relembrou, ainda, que foi uma das primeiras a ser chamada para compor o secretariado do governador Tarso Genro e, tão logo tomou posse, prometeu ao trade turístico que “não iria inventar a roda, mas ajudá-lo a fazê-la girar. E foi isso que nos alçou até o momento ímpar que estamos vivendo esta noite”.

Com relação ao Observatório de Turismo, a secretária frisou que ele será construído em parceria com a Fundação de Economia e Estatística (FEE), Famurs, universidades e governança. “Desta forma, podemos analisar os dados para propormos o enfrentamento e sabermos onde apostar. Este é o sentido do Observatório, uma vez que precisamos de indicadores fiéis que dêem uma maior credibilidade ao setor”.

Para finalizar, Abgail agradeceu a participação de todos ressaltando que “a história que escrevemos nestes pouco mais de três anos de gestão foi construída por cada um de nós e chegamos aqui para dividir as conquistas”.

Texto: Valeria Pereira
Fonte: SETUR

By |2014-03-13T13:28:26-03:00março 13th, 2014|Sem categoria|Comentários desativados em Estudos de Competitividade e Observatório de Turismo são apresentados aos gaúchos pela Setur

About the Author: