A nova metodologia do Inventário da Oferta Turística dos municípios brasileiros

///A nova metodologia do Inventário da Oferta Turística dos municípios brasileiros

A nova metodologia do Inventário da Oferta Turística dos municípios brasileiros



A nova metodologia do Inventário da Oferta Turística dos municípios brasileiros foi lançado na quinta-feira (14) no 6º Salão do Turismo ? Roteiros do Brasil. Com a presença de acadêmicos, equipe técnica e representantes do Ministério do Turismo a apresentação do documento teve a participação do ministro do Turismo Pedro Novais e da Secretária Nacional de Políticas de Turismo, Bel Mesquita e contou também com a presença da presidente da ABBTUR NACIONAL,Tânia Omena.

O Inventário da Oferta Turística tem o objetivo de diagnosticar a disponibilidade turística brasileira oferecendo às cidades instrumentos e ferramentas que identifiquem seu potencial. “A realização do inventário é uma ação imprescindível para o Brasil, um país múltiplo, multifacetado, mas na verdade ele é importante porque o turismo acontece lá, no município”, disse Bel Mesquita ao DT.

Coordenado por Ana Clévia Guerreiro Lima, o documento propõe que o turismo seja trabalhado de forma regionalizada e cumpra sua função econômica que é identificar os potenciais de cada cidade brasileira. “Para identificar produtos de qualidade é preciso antes de mais nada critérios técnicos, mas também sensibilidade e é isso uma das propostas do inventário, que estimulará o dirigentes das cidades e seus moradores a descobrir o que tem de melhor”, complementou Bel.

Para o ministro Pedro Novaes, o inventário levanta informações para o planejamento da gestão municipal. “Precisamos conhecer o que o município tem para que os serviços e equipamentos possam ser utilizados e também melhorados, tanto para sua população para quem visita a cidade”, completou Novaes. O inventário está organizado em três categorias e cada uma delas contempla atividades e ações econômicas diferentes; veja abaixo

Categoria A ? Infraestrutura de apoio ao turismo:

Instalações e serviços, públicos e privados, que proporcionam o bem-estar dos residentes e também dos visitantes, tais como sistema de transportes, de saúde, de comunicação, de abastecimento de água, de energia e tantas outras estruturas básicas e facilidades existentes nos municípios.

Categoria B ? Serviços e equipamentos turísticos:

Conjunto de estabelecimentos e prestadores de serviços que dão condições para que o visitante; tenha uma boa estada: hospedagem, alimentação, diversão, transporte, agenciamento, etc.

Categoria C ? Atrativos Turísticos:

Elementos da natureza, da cultura e da sociedade -lugares, acontecimentos, objetos, pessoas, ações -que motivam alguém a sair do seu local de residência para conhecê-los ou vivenciá-los.

O Programa Prosa Corporativa esteve no 6º Salão do Turismo – Roteiros do Brasil – ocasião em que seu editor, jornalista Paulo Atzingen, entrevistou a secretária nacional de Políticas de Turismo, Bel Mesquita. A entrevista foi realizada logo após a apresentação da nova metodologia do Inventário da Oferta Turística dos municípios brasileiros. Com a presença de acadêmicos, equipe técnica e representantes do Ministério do Turismo a apresentação do documento teve a participação do ministro do Turismo Pedro Novais.

O Inventário da Oferta Turística tem o objetivo de diagnosticar a disponibilidade turística brasileira oferecendo às cidades instrumentos e ferramentas que identifiquem seu potencial. “A realização do inventário é uma ação imprescindível para o Brasil, um país múltiplo, multifacetado, mas na verdade ele é importante porque o turismo acontece lá, no município”, disse Bel Mesquita ao DT. Acompanhe a entrevista exclusiva:

Fonte: http://www.diariodoturismo.com.br/materia

By |2011-07-29T00:00:00-03:00julho 29th, 2011|Sem categoria|Comentários desativados em A nova metodologia do Inventário da Oferta Turística dos municípios brasileiros

About the Author: